Empresa familiarHolding FamiliarMais visualizadosNewsNovidadesPlanejamento Sucessório

Quem pode ser escolhido como administrador de uma Holding após a morte do autor da herança?

O planejamento sucessório é uma das bases, que envolve a constituição de uma holding familiar, sendo realizada de forma preventiva para evitar que a falta do patriarca e/ou a matriarca desestabilize os negócios da família.

A holding é um grande importante ferramenta do planejamento sucessório, pois o autor da herança definir em vida como ocorrera a sua sucessão tanto patrimonial como questões sobre a liderança e controle de seu patrimônio após a sua morte.

Através da criação de uma holding, após a integralização do patrimônio como capital social e a doação das quotas, o autor da herança poderá escolher um herdeiro ou um profissional de mercado que tem mais maturidade e afinidade com os negócios da família, que possui valores éticos e preparos técnicos para ocupar o cargo de líder e gestor para conduzir a holding após sua morte.

Cursos Online sobre Holding

Qual o objetivo de uma Holding no planejamento sucessório?

Um dos grandes desafios dos empresários é a manutenção do sucesso da empresa diante de elevados riscos para a continuidade de sua empresa após a sua morte.

O grande objetivo na hora de elaborar uma holding patrimonial familiar é garantir a manutenção do patrimônio conquistado por seus membros, incluindo empresas familiares, para que sejam perpassados por gerações.

Para tanto, é indispensável um planejamento patrimonial e societário bem elaborado, segundo todas as regras e normas legais, para que a disposição de vontade do autor da herança seja efetivado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo